Central de Seleção IFMS
Nova Andradina

Estudante do IFMS vai participar de evento nos EUA

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 17:45

Estudante criou programa que localiza corpos celestes - Foto: Câmpus Nova Andradina

Estudante criou programa que localiza corpos celestes - Foto: Câmpus Nova Andradina

O estudante do Câmpus Nova Andradina do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Leonardo Lopes, será um dos participantes da Feira Internacional de Ciências e Engenharia (Intel ISEF). O evento será realizado em maio de 2014, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

A Intel ISEF é a maior competição científica de nível médio do mundo, reunindo anualmente mais de 1.500 estudantes de 50 países.

O estudante do curso técnico em Informática se classificou para a competição após se destacar na Mostra Brasileira de Ciência e Tecnologia (Mostratec), realizada em Novo Hamburgo (RS) e encerrada na última sexta-feira, 25.

Pesquisa – Com o trabalho “Startracker: um arcabouço computacional para localização de corpos celestes”, Leonardo faturou o Prêmio ABRIC (Associação Brasileira de Incentivo à Ciência), na modalidade Ciências Planetárias Terrestres, Matemática e Física.

Desenvolvido há um ano e meio, o trabalho já foi premiado em eventos como a Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE) e a Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (FETECMS).

Sob a orientação do professor Rodrigo Duran, o estudante desenvolveu um software e um aparelho para localizar corpos celestes. Depois de escolher uma estrela por meio do programa, o aparelho aponta a localização da mesma no céu com a ajuda de raios laser.

O trabalho busca difundir a observação astronômica, que poderá ser feita mesmo sem a presença de profissionais ou de equipamentos de alto custo.

“Será a primeira apresentação do projeto fora do Brasil. O evento é de suma importância, já que o mesmo ocorre em nível mundial. Entre os avaliadores estão, inclusive, alguns cientistas vencedores do prêmio Nobel”, destaca o orientador.

A seis meses do evento, o estudante demonstra ansiedade. “Imagino como será cada minuto da viagem. Inclusive já estou assistindo alguns vídeos das edições anteriores para me inteirar sobre o evento. É um sonho que está se realizando”, comemora.

Competição – A Intel ISEF é organizada há 59 anos pela Society for Science & the Public, organização sem fins lucrativos que atua em prol da ciência.

Os participantes são indicados de acordo com o resultado obtido em feiras científicas realizadas nos países de origem.

O evento distribui mais de U$ 4 milhões de dólares em bolsas de estudo e prêmios, em 14 categorias científicas.

Ascom/IFMS