Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFMS terá laboratórios de inovação nos dez campi

Pesquisa e Inovação

IFMS terá laboratórios de inovação nos dez campi

Os recursos para viabilização totalizam R$ 100 mil do Programa Institucional de Incentivo ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação
publicado: 10/01/2017 09h44 última modificação: 14/06/2017 13h45
Pesquisa e Inovação

Pesquisa e Inovação

Os dez campi do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) tiveram as propostas aprovadas no edital que viabiliza auxílio financeiro para a implantação dos Fab Labs, laboratórios de suporte à inovação e ao aprendizado. O resultado está publicado na Central de Seleção.

Os recursos para viabilização dos laboratórios totalizam R$ 100 mil, e são provenientes do Programa Institucional de Incentivo ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação (Piepi).

Cada campus tem disponível o auxílio de R$ 10 mil, sendo que os recursos destinados à compra dos itens deverão ser divididos entre capital (80%) e custeio (20%).

Os laboratórios deverão ser implantados até julho. Entre os itens previstos para os Fab Labs estão impressora 3D, cortador a laser, placas para montar circuitos, motores, entre outros.

“Professores e estudantes terão um espaço para desenvolver ideias. Estamos prevendo, além da impressora 3D, uma fresadora, ferramenta capaz de criar circuitos eletrônicos e que tem como uma das aplicações os projetos de robótica”, comentou Marcos Vilhanueva, coordenador do Fab Lab e diretor-geral do Campus Ponta Porã.

O pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação, Marco Naka, destaca que a implantação dos Fab Labs irá complementar as ações da TecnoIF, a incubadora de empresas do IFMS.

“O estudante poderá desenvolver a ideia no Fab Lab e, se quiser criar uma empresa, terá a oportunidade de fazer a pré-incubação e a incubação no Hotel Tecnológico, projeto em implantação nos dez campi. Esses processos serão regidos por editais que deverão ser lançados este ano”, complementou Naka.

Comunidade – Com os Fab Labs implantados, o IFMS poderá realizar ações abertas à comunidade nos dez campi.

Uma dessas ações são os Maker Days, oficinas de ideias inovadoras oferecidas a estudantes do ensino fundamental e médio. Em 2016, o campus Ponta Porã foi o primeiro a realizar a atividade, seguido de Nova Andradina e Campo Grande.

Outra ação prevista é o Open Lab Day, em que os laboratórios serão abertos dois dias por mês para que a comunidade possa desenvolver ideias por meio do uso da tecnologia.

Fab Labs – Inspirados na experiência do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), localizado nos Estados Unidos (EUA), são laboratórios que trabalham com o desenvolvimento de protótipos sem a necessidade de projetos complexos.

Como suporte à inovação, é um espaço para eventos, minicursos e palestras, além de ter projetos com foco na resolução de problemas locais.

No IFMS, os Fab Labs surgiram a partir de uma parceria com a empresa de tecnologia Intel, firmada em agosto do ano passado.

Ascom/IFMS