Competências

por Juliana Aragão publicado 07/07/2017 08h00, última modificação 26/07/2017 12h32
Entenda as atribuições da Comissão Própria de Avaliação (CPA) do IFMS

Competências

O Regulamento Interno da Comissão Própria de Avaliação prevê as seguintes atribuições ao órgão colegiado:

I - Conduzir os processos de avaliação interna da instituição;
II - Sistematizar e prestar as informações solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC) responsável por subsidiar a implantação de políticas públicas na área da educação.

Os processos de avaliação conduzidos pela CPA subsidiam o credenciamento e recredenciamento de instituições de ensino superior, bem como reconhecimento e renovação de cursos de graduação oferecidos. A legislação prevê os seguintes processos de avaliação:

a) Avaliação das Instituições de Educação Superior (Avalies)
- Autoavaliação (coordenada pela CPA)
- Avaliação externa (realizada por comissões designadas pelo Inep)
b) Avaliação dos Cursos de Graduação (ACG)
c) Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

Avaliação das Instituições de Educação Superior

Objetivos
Identificar o perfil e a atuação da instituição, por meio das atividades, cursos, programas, projetos e setores.

Saiba o que é avaliado
- missão e o plano de desenvolvimento institucional; 
- políticas para ensino, pesquisa, pós-graduação e extensão;
- procedimentos para estímulo à produção acadêmica, bolsas de pesquisa, monitoria e demais modalidades;
- responsabilidade social da instituição; 
- comunicação com a sociedade; 
- políticas de pessoal, carreiras do corpo docente e do corpo técnico-administrativo, bem como aperfeiçoamento, desenvolvimento profissional e condições de trabalho; 
- organização e gestão da instituição, especialmente o funcionamento e representatividade dos colegiados e a participação dos segmentos da comunidade nos processos decisórios; 
- infraestrutura física, especialmente a de ensino e de pesquisa, biblioteca, recursos de informação e comunicação; 
- planejamento e avaliação, especialmente os processos, resultados e eficácia da autoavaliação institucional; 
- políticas de atendimento aos estudantes; 
- sustentabilidade financeira, tendo em vista o significado social da continuidade dos compromissos na oferta da educação superior.