Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > Abertas inscrições para mestrado profissional

ProfEPT

Abertas inscrições para mestrado profissional

Interessados têm até 18 de março para se inscreverem. Previsão é que prova para seleção dos candidatos seja aplicada em maio.
por Vinicius Vieira publicado: 13/02/2020 08h28 última modificação: 13/02/2020 08h28

Começam nesta quinta-feira, 13, as inscrições para o Exame Nacional de Acesso ao mestrado profissional do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), com ingresso em 2020.

São 24 vagas oferecidas pelo Campus Campo Grande do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS). Metade é reservada a servidores da Rede Federal.

Os interessados devem se inscrever exclusivamente pelo Sistema de Inscrições, na página do Programa, até o dia 18 de março. A taxa é de R$ 72,00.

O exame será aplicado no dia 17 de maio, em Campo Grande, por meio de prova objetiva contendo 50 questões de múltipla escolha, conforme bibliografia divulgada no ano passado.

O conteúdo aborda as bases conceituais e históricas da educação profissional e tecnológica, as metodologias de pesquisa e, ainda, as teorias e práticas de ensino e aprendizagem.

O início previsto das aulas é para agosto, sempre às segundas-feiras, no período da manhã, tarde e noite.

Isenção - Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e que sejam membros de família de baixa renda têm direito à isenção do pagamento da taxa. 

A solicitação precisa ser feita até 21 de fevereiro, no ato da inscrição, de acordo com as instruções do edital.

Curso - Coordenado por um Comitê Gestor do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) e pela Comissão Acadêmica Nacional, o Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica é ofertado na modalidade semipresencial em 40 instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (RFEPCT), sendo 38 Institutos Federais, um Centro Federal de Educação Profissional (Cefet) e o Colégio Pedro II.

As linhas de pesquisa do mestrado são:

  • Práticas Educativas em Educação Profissional e Tecnológica: trata dos fundamentos das práticas educativas e do desenvolvimento curricular na Educação Profissional e Tecnológica, em suas diversas formas de oferta, a partir de uma abordagem inclusiva, interdisciplinar, em espaços formais e não formais, em conformidade com a perspectiva do trabalho como princípio educativo e do currículo integrado;
  • Gestão e Organização do Espaço Pedagógico em Educação Profissional e Tecnológica: trata dos processos de gestão e organização do espaço pedagógico que contribuam diretamente com os processos de ensino, com foco nas estratégias transversais e interdisciplinares que possibilitem formação integral e significativa do educando.

Esta será a terceira turma do curso no IFMS. O corpo docente do Programa é formado por professores dos campi Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados e Nova Andradina.

Mais informações sobre o curso estão disponíveis na página do Mestrado Profissional do Campus Campo Grande.

Bibliografia 2020:

CIAVATTA, Maria. Ensino Integrado, a Politecnia e a Educação Omnilateral: por que lutamos? Revista Trabalho & Educação, v. 23, n. 1, p. 187–205, 2014.

DELLA FONTE, Sandra Soares. Formação no e para o trabalho. Educação Profissional e Tecnológica em Revista.v. 2, n° 2. Vitória: IFES, 2018, p. 10-19.

GALIAZZI, Maria do Carmo; SOUSA, Robson Simplicio de. A dialética na categorização da análise textual discursiva: o movimento recursivo entre palavra e conceito. Revista Pesquisa Qualitativa. São Paulo (SP), v.7, n.13, 2019, p. 01-22.

KUENZER, Acacia Zeneida. Trabalho e escola: a aprendizagem flexibilizada. Revista do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região. Brasília, DF, v. 20, n. 2, p. 13-36, dez. 2016.

LEITE, Priscila de Souza Chisté. Materialismo Histórico-Dialético e suas relações com a pesquisa participante: contribuições para pesquisas em Mestrados Profissionais. Revista Anhanguera, v. 18, n. 1, p. 52–73, 2018.

MANACORDA, Mario Alighiero. Marx e a pedagogia moderna. Campinas, SP: Editora Alínea, 2007. 

MÉSZÁROS, István. A educação para além do capital. 2. ed. São Paulo: Boitempo, 2008. 

MOURA, Dante Henrique. Trabalho e formação docente na educação profissional. Curitiba: Instituto Federal do Paraná, 2014.

PEIXOTO, E. M. DE M. Interdisciplinaridade e análise da produção científica: apontamentos a partir da concepção materialista e dialética da história. Filosofia e Educação, v. 5, n. 2, p. 120-165, 15 set. 2013.

RAMOS, Marise Nogueira. História e política da educação profissional. Curitiba, PR: Instituto Federal do Paraná, 2014.