Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2020 > IFMS assegura manutenção de atividades não presenciais

COVID-19

IFMS assegura manutenção de atividades não presenciais

Em nota oficial, instituição se posiciona contra portaria do MEC que prevê retorno das aulas em março para as instituições de ensino superior
por Paulo Gomes publicado: 08/12/2020 18h23 última modificação: 08/12/2020 18h23

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) emitiu nota oficial sobre a Portaria nº 1.038, do Ministério da Educação (MEC), publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 8, prevendo o retorno das aulas presenciais nas instituições de ensino superior do sistema federal de ensino a partir de 1º de março de 2021.

No documento, a instituição se posiciona contrariamente ao retorno das aulas sem que estejam asseguradas as condições de biossegurança para proteger a saúde de servidores e estudantes.

O IFMS informa ainda que manterá as aulas não presenciais para os estudantes e o trabalho remoto para os servidores, com exceção de casos específicos nos quais não seja possível a execução das atividades à distância, seguindo as Diretrizes para Atividades Presenciais durante a Pandemia, elaboradas pela instituição.

A nota emitida pelo IFMS explica ainda que qualquer medida para o retorno das aulas só será tomada após orientação da Comissão de Organização de Campanhas de Conscientização dos Riscos e Medidas de Prevenção ao Coronavírus (Covid 19).

Criada em março deste ano, a Comissão é formada por servidores da área de saúde e de setores estratégicos da instituição e tem como principal atribuição analisar o quadro de pandemia no Estado, e nos municípios em que o IFMS atua, para orientar a instituição na tomada de decisões relacionadas às atividades de ensino e administrativas, no que tange as medidas de proteção à comunidade.

A última decisão do IFMS, publicada em 30 de setembro de 2020, definiu que as aulas teóricas continuam sendo ministradas de forma não presencial até 31 de dezembro de 2020, e que os campi têm autonomia para iniciar retomada de aulas práticas de laboratório e de atividades administrativas de forma gradual, conforme necessidades específicas, e respeitadas as normas de biossegurança definidas previamente.

“A portaria do MEC, neste momento, não leva em consideração a situação de pandemia em nosso Estado, com aumento do número de casos e de mortes. A decisão do ministério está desconectada do que a comunidade realmente precisa e, acredito, será modificada”, afirmou a reitora do IFMS, Elaine Cassiano.

Leia a integra da nota divulgada pela instituição.

Covid-19 - As ações do Instituto Federal, as formas de prevenção à Covid-19, os documentos institucionais referentes à situação e a outras informações sobre a pandemia estão disponíveis na página IFMS contra o coronavírus.

Além de podcasts com dicas de como lidar com o isolamento e o trabalho remoto, também estão disponíveis as formas de contato e os horários de atendimento dos campi e da reitoria durante o período de atividades não presenciais.