Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Estudantes desenvolvem mapa virtual para coleta de lixo eletrônico

Ensino

Estudantes desenvolvem mapa virtual para coleta de lixo eletrônico

Mapa colaborativo virtual apresenta os pontos de coleta de lixo eletrônico da Capital, como forma de contribuir para a preservação ambiental
por Osvaldo Sato publicado: 18/11/2021 11h02 última modificação: 18/11/2021 11h09

Uma atividade proposta em sala de aula resultou na produção de um mapa virtual que apresenta os pontos de coleta de lixo eletrônico na cidade de Campo Grande. A professora de Geografia do Campus Campo Grande, Andrerika Silva, explica como a iniciativa foi idealizada.

“Iria trabalhar a questão dos problemas ambientais e a turma optou trabalhar com a questão do lixo eletrônico, já que possui relação com a formação técnica deles, na área de Informática”.

Assim, a turma 129 do curso de Técnico em Informática estudou o tema e iniciou o desenvolvimento colaborativo do mapa, utilizando a ferramenta gratuita Google My Maps. Os pontos elencados no mapa recebem de pilhas e baterias a resíduos de maior tamanho, como televisores e computadores.

“O projeto possui a denúncia deste problema ambiental, que é o lixo eletrônico, mas traz uma solução, que é o mapa com os pontos de coleta”, afirmou a professora Andrerika Silva.

“O projeto possui a denúncia deste problema ambiental, que é o lixo eletrônico, mas traz uma solução, que é o mapa com os pontos de coleta”, afirma. “Apesar de ser uma ideia simples, o mapa é uma ferramenta informativa relevante e de fácil utilização pela comunidade”, destaca a professora.

O mapa já está disponível online. A intenção agora é dar continuidade ao projeto, com a criação de um canal de comunicação para que qualquer pessoa possa contribuir na atualização do mapa.

Uma das entusiastas desta continuidade é a estudante Heloisa Sutile, de 16 anos, que participou do desenvolvimento do mapa. Ela explica que gostou do tema e da solução proposta pela professora e desenvolvida pela turma.

“A intenção é aprofundar o projeto com pesquisa e o acréscimo de informações, que permita interação com a população, para que mais pessoas sejam esclarecidas sobre a questão do lixo eletrônico, como o descarte correto e a reciclagem”, afirmou a estudante Heloisa Sutile.

“Temos conversado com a professora e nossa intenção é aprofundar o projeto com pesquisa e o acréscimo de informações, que permita interação com a população, para que mais pessoas sejam esclarecidas sobre a questão do lixo eletrônico, como o descarte correto e a reciclagem”, comenta a estudante.

Técnico em Informática  No IFMS, o curso Técnico em Informática integrado ao Ensino Médio é ofertado em oito campi, localizados em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Jardim, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Nele o estudante faz seu ensino médio e, ao mesmo tempo, cursa uma formação técnica. Outras áreas em que o IFMS possui cursos de nível médio integrado são: Agricultura, Alimentos, Aquicultura, Desenvolvimento de Sistemas, Edificações, Eletrotécnica, Informática para Internet, Mecânica e Metalurgia.

Conheça os cursos ofertados  pelo IFMS no Guia de Cursos.