Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Participação na Autoavaliação do IFMS termina dia 31

Institucional

Participação na Autoavaliação do IFMS termina dia 31

Questionários se destinam a servidores e estudantes dos cursos de graduação. Participação é importante no levantamento de dados e busca de melhorias
por Cleyton Lutz publicado: 25/10/2021 15h17 última modificação: 26/10/2021 11h26

O prazo para a participação no processo de Autoavaliação Institucional 2021 do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) se encerra no domingo, 31. Podem responder aos questionários online docentes, técnico-administrativos e estudantes de graduação. 

A participação acontece através do Sistema de Autoavaliação. É necessário utilizar o número do CPF como login. Caso não se lembre da senha, basta solicitar a geração de uma nova. 

Após o acesso ao sistema, o servidor ou estudante deverá responder a dois blocos de perguntas avaliativas. As questões abordam dois dos cinco eixos previstos no processo: “Planejamento e Avaliação Institucional” e “Desenvolvimento Institucional”. O participante deverá optar por conceitos que variam de 0 a 5. 

Os demais eixos (“Políticas Acadêmicas”, “Políticas de Gestão” e “Infraestrutura Física”) serão abordados nos questionários nos dois próximos anos. 

Os dados levantados por meio dos questionários fornecerão indicadores que auxiliarão a gestão na tomada de decisões e na elaboração do plano de melhorias para a instituição. 

Autoavaliação – Está prevista na Lei nº 10.861/2004, que criou o Sistema de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e ocorre anualmente. 

Com base nos resultados obtidos, a Comissão Própria de Avaliação (CPA) irá elaborar um relatório onde indica ações de melhorias para a gestão. O documento é encaminhado ao Ministério da Educação (MEC) e publicado no site do IFMS. 

Os relatórios dos anos anteriores estão disponíveis na página da Autoavaliação, onde também é possível consultar as ações de melhorias propostas com base no resultado do último processo. 

Comissão específica – Criada em 2013, a CPA é formada por servidores que representam as 11 unidades do Instituto Federal, além do presidente. Há também os representantes locais da CPA nos campi. 

Uma das funções da Comissão é conduzir os processos de avaliação institucional. Os relatórios são usados para credenciamento, recredenciamento da instituição de ensino superior, reconhecimento e renovação de cursos. 

As composições da CPA estão disponíveis na página da Comissão. Em caso de dúvidas, o contato deve ser feito pelo correio eletrônico .