Você está aqui: Página Inicial > Notícias > 2021 > Publicado edital de fluxo contínuo para projetos de pesquisa

Iniciação Científica

Publicado edital de fluxo contínuo para projetos de pesquisa

Inscrições poderão ser feitas a partir de sexta-feira, 12. Projetos devem ser desenvolvidos até julho de 2022
por Vinicius Vieira publicado: 09/02/2021 09h08 última modificação: 09/02/2021 09h08

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) abre nesta sexta-feira, 12, as inscrições para seleção de projetos de pesquisa na instituição. Por ser em fluxo contínuo, o prazo permanece aberto até 30 de novembro.

Cada projeto pode envolver até três pesquisadores distribuídos nas funções de coordenador, orientador, coorientador ou colaborador. As propostas devem ter também a participação de estudantes, que podem ser de nível médio, da graduação ou da pós-graduação, na categoria voluntário.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pelo coordenador do projeto por meio do Sistema Unificado da Administração Pública (Suap), no módulo Pesquisa.

As pesquisas deverão ser desenvolvidas entre 8 de março de 2021 e julho de 2022. A vigências máxima de cada projeto é de um ano. As informações completas estão disponíveis no edital, publicado na Central de Seleção.

Requisitos – A coordenação e orientação do projeto devem ser feitas por um docente do IFMS sem pendências em quaisquer programas da instituição e/ou do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e que não esteja afastado ou licenciado. O Currículo Lattes deve estar atualizado há, no mínimo, seis meses.

Os mesmos requisitos se aplicam aos candidatos que participarem como estudantes voluntários, que devem estar matriculados no IFMS e não podem ter vínculo com outra instituição de ensino.

Seleção – Os projetos serão avaliados por membros do Banco de Avaliadores Externos e Internos do IFMS, com base no mérito da proposta e no alinhamento aos objetivos do Programa Institucional de Iniciação Científica e Tecnológica (Pitec).

A pontuação do projeto será a média aritmética das notas obtidas em três itens a serem avaliados, entre 0 e 10:

  • relevância do projeto em termos de desenvolvimento científico e tecnológico;
  • fundamentação teórica, metodologia e qualidade técnica; e
  • nível de contribuição do trabalho para a sociedade, para o setor produtivo e para a formação do estudante.

Os resultados serão divulgados semanalmente, na Central de Seleção, conforme os projetos forem inscritos e avaliados.