Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Encontro em Três Lagoas debate temática afro-brasileira e indígena

Inclusão e Diversidade

Encontro em Três Lagoas debate temática afro-brasileira e indígena

Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do IFMS se reúnem para troca de experiências e discussões sobre a temática.
por Laura Silveira publicado: 04/12/2019 18h32 última modificação: 04/12/2019 19h26

Evento reúne em Três Lagoas membros dos Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas do IFMS

O Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) realiza até esta sexta-feira, 6, o 2º Encontro dos Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABIs). O evento, sediado pelo Campus Três Lagoas neste ano, visa à formação e capacitação dos membros, troca de experiências, integração e planejamento de atividades direcionadas à reflexão sobre as questões étnico-raciais.

“O encontro é importante para troca de experiências e para entender as realidades de cada campus. Teremos momentos de discussão que irão dar um norte para as ações do Núcleo no próximo ano”, explicou a coordenadora de Inclusão e Diversidade, Suliane Barros.

Além de discussões sobre a atuação dos Núcleos nos campi da instituição, o encontro conta também com palestras voltadas à temática. A programação completa está disponível na página do evento.

“O encontro é importante para troca de experiências e para entender as realidades de cada campus. Teremos momentos de discussão que irão dar um norte para as ações do Núcleo no próximo ano e consequente fortalecimento da atuação do Neabi”, explicou a coordenadora de Inclusão e Diversidade do IFMS, Suliane Barros.

O evento, organizado desde 2018, é viabilizado com auxílio financeiro da Pró-Reitoria de Extensão (Proex).

Neabi - De natureza propositiva e consultiva, o Núcleo tem a função de auxiliar no direcionamento de estudos, pesquisas e ações de extensão que promovam a reflexão sobre as questões étnico-raciais.

“O encontro é um momento ímpar de troca de expertises para aprimorar o trabalho dos Neabis, no sentido de desenvolver políticas, ter maior acesso e representatividade dos indígenas e negros no IFMS, tornando a instituição mais acolhedora”, ressaltou o vice-coordenador do Neabi no Campus Três Lagoas, Guilherme Tommaselli.

Vinculado às Direções de Ensino, Pesquisa e Extensão dos campi do IFMS, o Neabi também busca contribuir para a implementação da exigência legal que obriga incluir no currículo escolar a temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”.

As finalidades, objetivos, estrutura organizacional e competências do Neabi estão dispostas no Regulamento do Núcleo.

Mais informações sobre a atuação dos núcleos estão disponíveis na página do Neabi