Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Evento apresenta ações junto à comunidade em Corumbá e Coxim

Extensão

Evento apresenta ações junto à comunidade em Corumbá e Coxim

I Workshop de Extensão do IFMS será realizado entre 26 e 28 de novembro, na capital, e reúne 38 trabalhos desenvolvidos em nove campi da instituição.
por Laura Silveira publicado: 21/11/2019 18h23 última modificação: 21/11/2019 18h23
  • Curso de Espanhol reúne estudantes de diversas faixas etárias - Foto: Arquivo Pessoal

  • A ideia é promover aulas práticas e dinâmicas, sobre temáticas variadas - Foto: Arquivo Pessoal

  • Curso é coordenado pela professora Florinda Santos (à esquerda) - Foto: Arquivo Pessoal

  • Iniciativa fomenta que alunos aprendam sobre a cultura que envolve a língua espanhola - Foto: Arquivo Pessoal

A programação do I Workshop de Extensão do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), evento que será realizado na semana que vem, na capital, prevê a apresentação de 38 trabalhos de extensão desenvolvidos por servidores e estudantes nos campi Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Ponta Porã e Três Lagoas.

Do Campus Coxim, um dos três trabalhos que serão apresentados é o “Espanhol intermediário: ampliando seu conhecimento em língua, literatura e cultura”, coordenado pela professora Florinda Santos.

Antecedido pelo curso de extensão de espanhol básico, também ministrado pela professora em 2018, as aulas desta turma começaram em março e terminam neste mês. Além de a oferta ser gratuita, o material didático também é disponibilizado sem custos. São 15 estudantes de faixa etária variada, entre 20 e 70 anos.

"Com as atividades extensionistas, o IFMS cumpre um papel significativo de atender às necessidades da comunidade, transformando a vida da população", ressalta a professora Florinda Santos.

“Temos na turma dona de casa, dentista, doceira, mecânico, cabeleireira, professoras aposentadas, estudantes universitários, além de alunos e servidores do IFMS. O que mais me encanta é como a comunidade coxinense gosta de estudar o idioma! As aulas são práticas e dinâmicas, os alunos levam o Espanhol para o cotidiano deles. Alguns até já viajaram para países de língua espanhola”, ressaltou Florinda.

A docente conta que em Coxim não há oferta gratuita de curso de espanhol. Viu na extensão a oportunidade de transformar vidas.

“A extensão é minha paixão, é onde eu me realizo. Com as atividades extensionistas, o IFMS cumpre um papel significativo de atender às necessidades da comunidade, transformando a vida da população por meio do aprendizado, e possibilitando convívio social e cultural”, finalizou a docente, que para atender aos pedidos dos próprios alunos, pretende submeter à instituição a oferta do curso avançado de Espanhol.

Estudantes do IFMS também atuam na extensão, seja como bolsistas ou voluntários. É o caso da aluna do curso técnico  em Alimentos, Sindy Dantas, que ajuda a professora Florinda no planejamento das aulas e atua como monitora das atividades desenvolvidas no curso.

“Ser monitora desse curso de extensão está sendo uma experiência incrível, não só pelo meu aprendizado no idioma, mas também pelo contato e oportunidade de ensinar às pessoas da comunidade”, afirmou a estudante.

Confira a lista completa dos trabalhos do Campus Coxim que serão apresentados no I Workshop de Extensão:

Título Equipe
Espanhol intermediário: ampliando seu conhecimento em língua, literatura e cultura Florinda dos Santos
Sindy Dantas
Aulas experimentais de Química para estudantes do ensino básico em laboratórios Joseila Bergamo
Jessica Mota
Uma proposta de estudos de temas matemáticos com professores que ensinam Matemática no município de Coxim Renan de Lima
  • Projeto visa fomentar a participação de professores em feira de ciência e tecnologia - Foto: Arquivo Pessoal

Corumbá - Cinco trabalhos do Campus Corumbá serão apresentados no Workshop, dentre os quais o projeto “Formação de Professores Pesquisadores: uma proposta multidisciplinar intermunicipal”, desenvolvido desde agosto e já em fase de finalização. A ideia é ampliar a participação das escolas municipais e estaduais de Corumbá e Ladário na Feira de Ciência e Tecnologia do Pantanal em Corumbá (Fecipan), realizada anualmente.

“Nós trabalhamos em cima dos pontos que a Fecipan usa como avaliação. A ideia foi mostrar como é o processo de avaliação da Feira e como eles poderiam estruturar pesquisas baseadas nesse conceito que estavam aprendendo no curso”, explicou o professor e coordenador do projeto, Dorgival da Silva Netto.

As atividades foram organizadas em encontros presenciais semanais. Os professores do IFMS que integram a equipe do curso –  Cryseverlin Santos, Georgia Ferraz, José Augusto Rabelo e Luiz Felipe Jimenez – avaliaram os trabalhos participantes e, a cada semana, um era responsável por uma temática diferente como, por exemplo, tipos de conhecimento, resumo expandido, maquete, metodologia, escrita científica, entre outros.

No total, dez professores da rede pública receberão o certificado de conclusão do projeto no próximo dia 29. Cada um submeteu, ao menos, dois trabalhos na edição deste ano da Fecipan, realizada em outubro.

"Conseguimos contribuir para que esses professores pudessem fazer pesquisa na educação básica, estimulando eles e seus alunos a continuar nessa área científica”, avaliou o coordenador do projeto, Dorgival da Silva Netto.

“O objetivo foi atingido porque conseguimos contribuir, de certa forma, para que esses professores pudessem fazer pesquisa na educação básica, usando o método científico, sendo um pontapé inicial para estimular eles e seus alunos a continuar na área científica”, avaliou Dorgival.

O projeto recebeu fomento institucional por meio do edital nº 012/2019, da Pró-Reitoria de Extensão (Proex). Além de auxílio financeiro, utilizado na compra de material para kits utilizados nas aulas, foram pagas bolsas a três estudantes do curso técnico integrado em Informática. A iniciativa contou ainda com a atuação de outros dois alunos voluntários.

Abaixo, a lista dos trabalhos do Campus Corumbá que serão apresentados no evento:

Título Equipe
Robótica educacional na Escola Municipal Dr. Cássio Leite de Barros Roosevelt da Silva
Vinícius Fernandes
Luciano Matos Filho
Formação de Professores Pesquisadores: uma proposta multidisciplinar intermunicipal Dorgival Pereira da Silva Netto 
Laisa Elena Monteiro
Thaynara de Matos
Práticas educativas da Unei Pantanal: Metalurgia e Informática Wagner Schmitzhaus
Curso de Aperfeiçoamento Profissional em manutenção e suporte de computadores e rede Luiz Felipe Freitas
Matheus de Almeida
As ações de extensão realizadas pelo Nupac - Núcleo de Pesquisa e Prática em Arte, Cultura e Comunicação do Campus Corumbá: 2018-2019 André Mastrorocco

Workshop - Será realizado entre os dias 26 e 28 de novembro, em Campo Grande. Além da apresentação de trabalhos, estão previstas palestras e mesas de discussão com a participação de representantes de instituições federais de ensino de todas as regiões do país.

Entre os temas que serão debatidos estão o Programa Mulheres Mil, experiências internacionais, economia solidária, promoção da diversidade e acompanhamento de egressos.

"Poder apresentar o nosso curso em Campo Grande é uma grande oportunidade. Espero conhecer muitas pessoas e compartilhar experiências”, afirmou a estudante Sindy Dantas.

O workshop também debaterá a curricularização da extensão. Uma mesa de discussão promovida durante o evento terá o tema "A extensão e seus caminhos na inserção dos currículos".

Participam do evento representantes dos Institutos Federais do Norte de Minas Gerais (IFNMG), Goiano (IFGoiano), de Rondônia (IFRO), de São Paulo (IFSP), da Paraíba (IFPB) e Sul Rio Grandense (IFSul Rio Grandense), além da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

As atividades ocorrem no Hotel Vale Verde (Av. Afonso Pena, 106) e são gratuitas. As inscrições devem ser feitas em formulário online até 25 de novembro, com vagas limitadas.

A programação completa está disponível na página do Workshop.

A estudante Sindy participará do evento e acredita que o workshop será uma ótima experiência. “Estou empolgada em participar, já que será o primeiro workshop de extensão. Poder apresentar o nosso curso em Campo Grande é uma grande oportunidade. Espero conhecer muitas pessoas e compartilhar experiências”.

A troca de experiências também é apontada pelo professor Dorgival como um dos objetivos do evento. “A participação no workshop é importante para que a gente possa discutir e divulgar projetos e cursos de extensão realizados no IFMS, além da troca de experiências com os demais campi. Queremos tentar pegar as melhores ideias e adaptá-las à realidade da comunidade de Corumbá e Ladário, que sempre nos abraça nos projetos de extensão”, finalizou.