Você está aqui: Página Inicial > Notícias > IFMS conquista 1º, 2º e 3º lugares em festival de teatro

Fetran 2019

IFMS conquista 1º, 2º e 3º lugares em festival de teatro

Espetáculos encenados por estudantes dos campi Aquidauana, Coxim e Naviraí foram os vencedores na categoria juvenil do 10º Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran).
por Paulo Gomes publicado: 25/10/2019 15h31 última modificação: 30/10/2019 10h07

Vencedors de todas as categorias (Medium).JPG

Vencedores do Fetran nas três categorias - Foto: Assessoria de Comunicação/PRF

Os grupos de teatro dos campi Aquidauana, Coxim e Naviraí do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) conquistaram, respectivamente, o primeiro, segundo e terceiro lugares do 10º Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran), organizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Participaram desta edição do Fetran 297 espetáculos teatrais encenados por estudantes de 152 escolas localizadas em 43 municípios do estado. As peças finalistas foram apresentadas nos dias 21 e 22 de outubro.

Foram entregues 21 troféus, incluindo os de melhor ator/atriz, melhor texto de peça teatral e melhor arte visual, quesito em que são analisados figurino, cenário e contexto apresentados.

Os estudantes que encenaram as peças vencedoras farão uma viagem cultural à Brasília (DF) custeada pela organização do Festival. Os professores que dirigiram os espetáculos finalistas serão premiados com aparelhos de televisão.

O Fetran é realizado pela PRF em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MS) e a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS). O evento ocorre desde 2010 com objetivo de promover a educação para o trânsito envolvendo estudantes, pais, professores e coordenadores das escolas do estado.

Saiba mais sobre os espetáculos encenados pelo IFMS e que os estudantes falam sobre a premiação:

A peça "Caminho sem Retorno", do Campus Aquidauana, conquistou o primeiro lugar. O espetáculo conta a história de uma jovem que morre durante um acidente de trânsito, mostrando as consequências da imprudência para as famílias e amigos das vítimas. Também aborda a importância da prevenção e do uso de equipamentos de segurança, como capacete, cinto de segurança e cadeirinhas para crianças.

IMG_1931 (Medium).JPG

"O espetáculo traz uma técnica de teatro com sombras e isso cobrou muita dedicação do grupo. Ensaiávamos duas vezes por semana, na quarta e na quinta, das 18h às 21h. Em agosto, passamos em primeiro lugar na seletiva regional. Os ensaios não atrapalharam os estudos. O momento da premiação foi inesquecível. A felicidade vivida por mim e meus colegas não pode ser descrita, é algo gigantesco, que premia não só um espetáculo de teatro, mas todo o esforço e dedicação de todos que ajudaram." 
Jeferson Santos Mota (curso técnico em Informática)

"A participação no festival foi incrível, ter a oportunidade de sair da rotina e de adquirir experiências fantástica, inclusive como ser humano. É uma arte que não se baseia apenas em uma forma de se expressar, mas o teatro também é um aliado dos estudos, um eficaz exercício de memória e um método para ajudar a perder a timidez."
Gabriela Prado Leitão (curso técnico em Informática)

O segundo lugar ficou com o Campus Coxim. A peça "Jogos Transitais" também trata da imprudência no trânsito. O grupo, que se reunia três vezes por semana para os ensaios, se destacou também com o prêmio de melhor atriz, conquistado pela estudante Deise Salina da Silva, que fez o papel da Imprudência. Para descobrir a "alma" da personagem, a jovem atriz ensaiou incansavelmente no campus e em casa.

image0 (Medium).jpeg“Venho construindo essa personagem desde as férias de dezembro, testando a voz e as pausas de cada fala, tentando manter o equilíbrio nos movimentos de palco. Foram dias e mais dias de pressão psicológica. Eu me sentia insuficiente para o papel, para mim nunca estava bom. Todas as vezes que fiquei sem voz de tanto ensaiar e todos os "problemas" que sugiram pelo caminho foram compensados quando eu subi ao palco para pegar o troféu, não pelo prêmio em si, mas sim pelo reconhecimento.” 
Deise Salina da Silva (curso técnico em Alimentos)

“O Campus Coxim participa pelo terceiro ano consecutivo do Fetran e ganhando prêmios. Este ano eu fiz o texto e a direção do espetáculo. Fui ator no grupo e hoje sou diretor. Esse é um projeto que transforma muito a vida dos participantes e é bacana também porque a gente tem interação com outras cidades.” 
Rafael Silva do Nascimento (ex-aluno do curso técnico em Alimentos e diretor da peça)

O terceiro lugar ficou com o Campus Naviraí, que apresentou a peça "A Balada dos Três Encontros". O espetáculo é uma história de amor, superação e de homenagem aos policiais rodoviários federais.

PHOTO-2019-10-06-10-43-00 (Medium).jpg"Foi um trabalho que fez com que a gente se superasse a cada dia de ensaio, não só na parte artística, mas também na vida pessoal. Foram vários dias passando horas ensaiando e se dedicando para poder entregar um trabalho que agradasse não só os jurados do Fetran, mas também o público em geral. Só de ficar entre os vencedores já é uma felicidade muito grande, ainda mais sabendo que este ano o IFMS dominou o pódio da categoria juvenil." 
Bruno Telles de Oliveira (curso técnico em Informática para Internet)

"Nós ensaiávamos duas vezes por semana e, quando foi chegando mais perto da seletiva, aumentamos o número de ensaios. Sobre a premiação, fiquei muito feliz por ter ficado entre os três melhores, até porque nesta edição tiveram muitas peças boas, todas mereciam ganhar. Foi muito gratificante por ter sido premiado, ainda mais pelos três primeiros  lugares serem do IFMS, o que me deixou ainda mais feliz." 
Pedro Lorençone, Informática para Internet, Campus Naviraí

Mais fotos e informações sobre o 10º Fetran estão disponíveis na página da PRF.

* Com informações da Assessoria de Comunicação da PRF