Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Saiba como entrar em contato com o IFMS por meio da Ouvidoria

IFMS Explica

Saiba como entrar em contato com o IFMS por meio da Ouvidoria

Qualquer cidadão pode enviar manifestações ao Instituto Federal. Vídeo ensina como fazer o registro de denúncias, elogios, reclamações, sugestões e solicitações.
por Juliana Aragão publicado: 11/12/2019 14h25 última modificação: 11/12/2019 14h29

O novo "IFMS Explica", série de vídeos criada para divulgar ações e serviços do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), ensina o passo a passo para que o cidadão entre em contato com a instituição por meio da Ouvidoria.

Com aproximadamente três minutos, o vídeo explica qual a função da Ouvidoria e como os usuários de serviços públicos podem enviar manifestações ao IFMS. Com linguagem simples e apelo visual, o material indica os caminhos para que o cidadão registre denúncias, elogios, reclamações, sugestões e/ou solicitações à instituição.

A ouvidora do IFMS, Ida Rockel, explica que a divulgação do serviço em formato audiovisual complementa uma ação presencial iniciada no ano passado.

"A Ouvidoria é um canal pelo qual os usuários de serviços públicos podem demonstrar à administração aquilo que precisa ser melhorado, o que está funcionando bem ou o que deve ser implementado. Essas manifestações são muito importantes para que a gestão consiga definir suas diretrizes e fazer seu planejamento", pontua a ouvidora, Ida Rockel.

"Em 2018, foi feita uma série de visitas aos campi - apenas o Campus Campo Grande ficou de fora - para explicar aos servidores e estudantes como eles podem se manifestar em relação aos serviços da instituição por meio da Ouvidoria. O vídeo é uma continuidade desse trabalho de divulgação junto às comunidades interna e externa", ressaltou Ida.

O vídeo explica que o registro de manifestações na Ouvidoria do IFMS é feito na plataforma Fala.BR - Plataforma Integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação. Nesse mesmo endereço, também é possível acessar o e-Sic (Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão).

"O e-Sic é o sistema pelo qual o cidadão pode solicitar informações sobre dados institucionais que já estão prontos como, por exemplo, os investimentos em laboratório de informática no último ano. Feita a solicitação, o usuário recebe um protocolo e a informação é enviada dentro de um prazo estabelecido", detalhou a ouvidora.

Apesar de o cidadão ter o direito de solicitar a informação via e-Sic ou fazer a manifestação à Ouvidoria de forma anônima, o ideal - segundo a ouvidora do IFMS - é que a pessoa se identifique.

"Sempre aproveitamos para enfatizar a importância da identificação. Em alguns casos, nós precisamos de mais informações ou a situação tem desdobramentos, por isso precisamos dos contatos do manifestante. Além disso, ao se identificar, a pessoa fica sabendo o resultado do trabalho da Ouvidoria", informou Ida.

Mesmo com a identificação do manifestante, o sigilo é garantido. Em hipótese alguma, nomes e contatos são repassados a outros setores ou unidades da instituição.

Ouvidoria - Ligado ao gabinete da reitoria do IFMS, o serviço busca promover o acesso à informação pública, à transparência e o aprimoramento da gestão.

"A Ouvidoria é um canal pelo qual os usuários de serviços públicos podem demonstrar à administração aquilo que precisa ser melhorado, o que está funcionando bem ou o que deve ser implementado. Essas manifestações são muito importantes para que a gestão consiga definir suas diretrizes e fazer seu planejamento", pontuou a ouvidora.

Em 2018, de acordo com o Relatório de Atividades da Ouvidoria do IFMS, foram registradas 296 manifestações, 63% a mais em relação ao ano anterior. Os assuntos mais recorrentes foram ensino, pessoas e administração.

As formas de acesso e demais informações sobre o serviço estão disponíveis na página da Ouvidoria.

IFMS Explica - A série de vídeos é produzida pela Assessoria de Comunicação Social (Ascom). Foi criada para divulgar ações de ensino, pesquisa e extensão, além de serviços prestados pelo IFMS.

O vídeo da Ouvidoria é o quinto da série. As quatro primeiras edições explicaram a atuação no Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), o que inclui registro de softwares, e proteção de patentes e marcas.

Os vídeos do "IFMS Explica" estão disponíveis no Canal do Youtube do IFMS.