Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Diretores-gerais eleitos destacam as prioridades

Eleições 2019

Diretores-gerais eleitos destacam as prioridades

Dos dez eleitos, seis irão ocupar o cargo pela primeira vez. Resultado das eleições será homologado pelo Conselho Superior do IFMS no dia 24.
por Juliana Aragão publicado: 15/10/2019 08h52 última modificação: 15/10/2019 09h00

diretores-gerais eleitos

Dos dez diretores-gerais dos campi do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) eleitos por estudantes e servidores, seis irão ocupar o cargo pela primeira vez. É o que revela o resultado preliminar do processo eleitoral divulgado pela deliberação nº 49, publicada na página das Eleições 2019.

Novos nomes foram eleitos para os campi Campo Grande, Corumbá, Coxim, Jardim, Ponta Porã e Três Lagoas, campus onde o candidato mais votado é o primeiro técnico-administrativo a ocupar um cargo de diretor-geral na história do IFMS. Em Aquidauana, Dourados, Naviraí e Nova Andradina, os atuais diretores-gerais permanecem no cargo.

Para o cargo de reitora, Elaine Cassiano, professora de Administração do Campus Campo Grande, foi eleita com 29,7% dos votos de estudantes, professores e técnicos-administrativos. Em dez anos de funcionamento da instituição, é a primeira mulher escolhida para o posto de dirigente máximo do IFMS.

Participaram da votação, no dia 9 de outubro, 44,20% dos 9.374 mil eleitores aptos a votar. O percentual de abstenção foi de 55,80%. O pleito registrou, ainda, 3,53% de votos brancos e nulos.

A previsão é que o resultado final das eleições seja divulgado na sexta-feira, 18, e que o Conselho Superior (Cosup) homologue o processo eleitoral em reunião a ser realizada no dia 24 de outubro.

Conheça o perfil dos diretores-gerais eleitos para os dez campi e as prioridades para o início do mandato:

Campus Aquidauana

A atual diretora-geral Hilda Romero recebeu 47,22% dos votos. O outro concorrente, professor Leandro de Jesus, retirou a candidatura cinco dias antes da votação, conforme a deliberação nº 44.

Graduada em Geografia e mestre na mesma área pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Hilda é professora do Campus Aquidauana do IFMS desde 2011. Na gestão, atuou ainda como coordenadora de Gestão Acadêmica e de Extensão, chefe de Gabinete e diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Hilda destaca que a prioridade, no início do novo mandato, será atender as reivindicações de docentes, técnicos-administrativos e estudantes levantadas durante as reuniões de campanha.

Hilda
"Uma das primeiras ações será apoiar a constituição do Grêmio Estudantil e do Diretório Acadêmico, e criar a Associação de Pais. Fomentaremos ainda a mais a pesquisa, a extensão e os projetos de ensino e iniciaremos o mapeamento de processos, bem como a elaboração do Regimento Interno, até para que possamos criar o Conselho de Campus".
Hilda Romero
Diretora-Geral eleita do Campus Aquidauana

 Campus Campo Grande

O atual diretor de Pesquisa, Extensão e Relações Institucionais, Dejahyr Lopes Junior, foi eleito com 44,95% dos votos. O outro candidato, professor Robson Gonçalves Félix, obteve 16,47%.

Engenheiro civil graduado pela UFMS, possui licenciatura em Matemática pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), além de mestrado e doutorado em Educação, também pela UFMS. Atua como docente do IFMS desde 2013.

No início do mandato, uma das prioridades do diretor-geral eleito é iniciar as tratativas com a reitora eleita sobre propostas feitas como candidato no decorrer da campanha.

Dejahyr
"A partir de 21 de outubro iniciaremos as reuniões de transição nos setores e de alinhamento com a reitora eleita, com a qual trataremos de assuntos como a readequação da estrutura do campus, a partir da portaria 246, com a criação de coordenações e do núcleo de comunicação, além da proposta de trazer o Cread [Centro de Educação a Distância] para a unidade".
Dejahyr Lopes Junior
Diretor-Geral eleito do Campus Campo Grande

 Campus Corumbá

O professor Wanderson Batista, atual diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão do campus foi candidato único e se elegeu com 48,69% dos votos de estudantes e servidores.

Graduado em licenciatura Plena em Matemática pela UFMS, especializado em Psicopedagogia pela Universidade da Grande Dourados (Unigran) e em Educação a Distância com Habilitação em Tecnologias Educacionais pelo Instituto Federal do Paraná (IFPR), é mestre pelo Programa de Mestrado em Estudos Fronteiriços da UFMS. Docente do IFMS desde 2011, já atuou também como coordenador de Pesquisa e Inovação. 

Sobre as primeiras ações como diretor-geral, Wanderson destaca que colocará em prática uma gestão democrática e compartilhada com todos os segmentos da comunidade interna.

Wanderson
"Nossa prioridade é consolidar o trabalho desenvolvido até o momento pela atual gestão do campus, da qual faço parte, e para isso prezamos pela conversa com a comunidade. Iremos ouvir estudantes, pais, professores e técnicos para definirmos juntos quais ações deverão ser priorizadas, de acordo com os recursos que tivermos em mãos".
Wanderson Batista
Diretor-Geral eleito do Campus Corumbá

 Campus Coxim

A docente Angela Kwiatkowski foi eleita com 49,19% dos votos. O outro candidato, professor Fernando Silveira Alves, obteve 23,16% dos votos da comunidade.

Formada em Tecnologia de Alimentos pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Angela tem mestrado e doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), e pós-doutorado em Ciência de Alimentos pela mesma instituição. Docente do IFMS desde 2013, atuou como coordenadora do curso técnico em Alimentos, diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão e coordenadora do curso superior de Tecnologia em Alimentos. Em 2014, participou do curso de formação de professores do "Programa Professores para o Futuro", na Finlândia.

A prioridade, no início do mandato, será fazer uma transição pautada pelo diálogo.

Angela
"A princípio iremos nos reunir com todos os setores do campus para dialogar com a equipe. A partir desse diálogo com os servidores é que tomaremos conhecimento sobre o andamento dos processos e poderemos, então, levantar as prioridades e definir as metas para a gestão . O mesmo será feito com os coordenadores dos cursos".
Angela Kwiatkowski
Diretora-Geral eleita do Campus Coxim

 Campus Dourados

O atual diretor-geral pro tempore, professor Carlos Vinícius da Silva Figueiredo, foi eleito com 63,53% dos votos de estudantes e servidores. O docente foi candidato único.

Formado pelo Centro Específico de Formação e Aperfeiçoamento do Magistério (Cefam) de Jales (SP), Carlos Vinícius é graduado e mestre em Letras pela UFMS, e doutor na mesma área pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com pesquisa realizada na Universidade do Texas (EUA). Docente do IFMS desde 2011, integra o Programa de Estágio Brasil-Canadá em Educação Profissional e Pesquisa Aplicada no Seneca College em Toronto (Canadá).

No novo mandato, o diretor-geral eleito se compromete a melhorar o fluxo de comunicação da gestão com estudantes, docentes e técnicos-administrativos.

Carlos
"Estaremos mais próximos da comunidade, para isso iremos sistematizar reuniões semanais nos setores para captar os anseios dos servidores, realizaremos mais ações em conjunto com o Grêmio Estudantil e auxiliaremos a criação do Diretório Acadêmico. Também vamos fortalecer a Associação de Pais e Mestres, tudo para melhorar a comunicação no campus".
Carlos Vinícius da Silva Figueiredo
Diretor-Geral eleito do Campus Dourados

 Campus Jardim

A docente Sirley da Silva Rojas Oliveira, foi eleita com 42,34% dos votos, contra 25,60% do atual diretor-geral, professor Nilson Oliveira da Silva.

Formada em Letras pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e mestre em Estudos de Linguagens pela UFMS, Sirley cursa, atualmente, o doutorado na mesma área. Desde 2014 é docente do IFMS, na área de Português/Inglês.

A diretora-geral eleita aponta como prioridades no início da gestão ações como mapeamento de processos e treinamento de servidores, além da busca por melhoria na infraestrutura do campus.

Sirley
"Temos como prioridades ações voltadas à gestão de pessoas, como a criação da comissão do bem-estar, estratégias para desburocratizar serviços e procedimentos, além da criação de ciclos de treinamentos e palestras psicossociais. É essencial ainda buscarmos recursos para a construção de laboratórios que garantam aulas práticas para os estudantes".
Sirley da Silva Rojas Oliveira
Diretora-Geral eleita do Campus Jardim

Campus Naviraí

O atual diretor-geral pro tempore, professor Matheus Bornelli de Castro, foi eleito, como candidato único, com 60,31% dos votos de servidores e estudantes.

Engenheiro agrônomo formado pela Universidade Federal de Lavras (UFLA), Matheus é mestre e doutor em Agronomia/Fitotecnia pela mesma instituição. Docente do IFMS desde 2013, atuou ainda como coordenador do curso superior de Tecnologia em Agronegócio. É membro do Colégio de Dirigentes e do Conselho Superior do IFMS e, atualmente, é o representante do estado no Fórum de Educação do Campo no Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif).

Para o novo mandato, Matheus elenca quatro pautas prioritárias.

Matheus
"Além da retomada e finalização da obra da sede definitiva, nossa prioridade zero, serão ações iniciais reorganizar os projetos pedagógicos de cursos, o que tem impacto direto na distribuição das aulas, na prática pedagógica e na infraestrutura do campus, e finalizar os trâmites de aquisição da fazenda escola e da implantação da alimentação escolar".
Matheus Bornelli de Castro
Diretor-Geral eleito do Campus Naviraí

 Campus Nova Andradina

O atual diretor-geral Cláudio Zárate Sanavria foi reeleito para o cargo com 45,25% dos votos. O outro candidato, professor Júlio César Marques Magalhães, obteve 26,01% dos votos.

Pedagogo pela Unigran e bacharel em Análise de Sistemas pela UFMS, é especialista em Engenharia de Websites pela mesma instituição, tem MBA em Gestão Escolar pela Universidade de São Paulo (USP), e possui mestrado e doutorado em Educação pela UCDB e Universidade Estadual Paulista (Unesp), respectivamente. É docente do IFMS desde 2010.

Na nova gestão, Cláudio tem como foco dar prosseguimento a demandas prioritárias do campus.

Cláudio
"O que temos como prioritário é a continuidade das ações já em desenvolvimento no campus, principalmente as articulações referentes à construção da unidade urbana e à implantação da infraestrutura necessária para consolidação dos cursos ofertados. Essas são as principais demandas neste novo mandato na direção-geral".
Cláudio Zárate Sanavria
Diretor-Geral eleito do Campus Nova Andradina

 Campus Ponta Porã

O professor Izidro dos Santos de Lima Junior elegeu-se com 38,63% dos votos, contra 22,16% do atual diretor-geral, Marcos Pinheiro Vilhanueva.

Engenheiro Agrônomo, possui mestrado e doutorado em Produção Vegetal pela UFGD. Professor do IFMS desde 2011, participou do Programa VET Teachers for the Future realizado na HAMK University (Finlândia) no ano de 2016.

No primeiro mandato como diretor-geral, Izidro se compromete a priorizar a participação do estudante no processo de ensino e aprendizagem e fortalecer os cursos da área de agrárias do campus.

Izidro
"São prioridades implantar metodologias ativas no ensino, colocando o estudante no centro do processo educacional; internacionalizar o campus, por ser nossa vocação; e fortalecer os cursos da área de agrárias, que estão prestes a receber da Embrapa, por meio de comodato, uma área de 170 hectares para as atividades práticas".
Izidro dos Santos de Lima Juniro
Diretor-Geral eleito do Campus Ponta Porã

 Campus Três Lagoas

O atual coordenador de Administração de Sede do campus, Walterisio Gonçalves Carneiro Junior, foi eleito com 36,95% dos votos. Os outros dois candidatos, o atual diretor-geral Apio Carnielo e Silva e o docente Maycon Rotta obtiveram, respectivamente, 22,55% e 14,35% dos votos de estudantes e servidores.

Graduado em Gestão Pública e especializado em Antropologia e História dos Povos Indígenas, ingressou no IFMS como assistente administrativo em 2014. Na reitoria, foi coordenador de Patrimônio e de Ações Pró-Pesquisa e Fomento. Em 2018, foi aprovado para o cargo de gestor público no Campus Três Lagoas. Atuou como membro da Comissão Interna de Supervisão do Plano de Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação (CIS) e do Conselho Superior (Cosup).

O diretor-geral eleito tem como prioridades, no início do mandato, dar continuidade aos processos em tramitação no campus e alinhar, junto à reitora eleita, a busca por recursos para garantir melhorias na infraestrutura da unidade.

Walterísio
"Iniciaremos os processos de transição e de planejamento para 2020, e daremos continuidade às ações em andamento, como, por exemplo, as licitações e o estudo de viabilidade para o fornecimento da alimentação escolar. No que tange à infraestrutura, são prioridades a cobertura da quadra e a conclusão dos laboratórios de Eletrotécnica".
Walterisio Gonçalves Carneiro Junior
Diretor-Geral eleito do Campus Três Lagoas