Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Luiz Simão Stasczack é designado reitor pro tempore

Institucional

Luiz Simão Stasczack é designado reitor pro tempore

Atual reitor do IFMS permanece no cargo até que a reitora eleita, Elaine Cassiano, seja nomeada pela Presidência da República.
por Juliana Aragão publicado: 25/11/2019 16h10 última modificação: 25/11/2019 17h08

Publicada na edição do Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 25, a Portaria nº 2.033/2019, do Ministério da Educação (MEC), que designa Luiz Simão Stasczack reitor pro tempore do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS). O atual reitor permanece no cargo até que a reitora eleita, Elaine Cassiano, seja nomeada pela Presidência da República.

"Daremos prosseguimento às demandas em andamento, sempre em consonância com as metas e objetivos definidos no Plano de Desenvolvimento Institucional 2019-2023, bem como ao processo de transição estratégica já iniciado com a professora Elaine. Garantirmos, dessa forma, a continuidade dos serviços prestados pelo IFMS à sociedade", ressaltou Stasczack.

O processo de transição na gestão do IFMS teve início no mês de outubro, quando o atual reitor e a reitora eleita definiram a forma como seria feito o repasse de dados e informações. Até o dia 10 de dezembro, será realizada uma série de cinco reuniões para tratar de temas estratégicos da instituição. 

Uma vez publicada a portaria de nomeação de Elaine Cassiano como reitora, terá início a fase tática e operacional da transição, em que os atuais gestores das pró-reitorias, diretorias sistêmicas e assessorias repassarão àqueles que forem ocupar os cargos os fluxos de processos e procedimentos.

Eleições - A professora de Administração do Campus Campo Grande, Elaine Cassiano, foi eleita reitora com 29,07% dos votos de estudantes, professores e técnicos-administrativos.

A docente concorreu ao cargo com o atual reitor, que obteve 27,35% dos votos, e com o professor Jiyan Yari, também da capital, que recebeu 9,28% dos votos.

A eleição foi realizada no dia 9 de outubro, nos dez campi e reitoria. Participaram da votação 44,20% dos 9.374 mil eleitores aptos a votar. A abstenção foi de 55,80%. O pleito registrou, ainda, 3,53% de votos brancos e nulos.

Também foram eleitos os diretores-gerais dos campi. Dos dez eleitos, seis irão ocupar o cargo pela primeira vez.

O resultado das eleições foi homologado pelo Conselho Superior (Cosup) no dia 24 de outubro.

registrado em: ,